Utilize o fluxo de caixa a favor de sua empresa

Entenda o que é o fluxo de caixa, como fazê-lo e como ele poderá ajudar a sua empresa a tomar decisões sábias.


É seguro afirmarmos que toda empresa para poder sobreviver de uma ótima saúde financeira. Em um cenário ideal, suas receitas devem sobrepor todas as suas despesas, além, é claro, de gerar o lucro esperado aos sócios e acionistas.

Uma ferramenta de extrema importância para esse processo é o fluxo de caixa, nele deve ser registrado o passado e as premissas de futuro, gerando informações essenciais para a boa tomada de decisão, se antecipando aos fatos e até mesmo avaliando a possibilidade de novos investimentos.

 

O que é preciso avaliar para fazer um fluxo de caixa?

 

Primeiramente, chamamos a atenção para o controle, pois essa atitude é algo fundamental para a elaboração do Fluxo de Caixa. Elencamos os seguintes aspectos:

 

Entradas

 

Toda venda deve ser devidamente registrada, informando inclusive se a forma de recebimento foi a vista, a prazo e se houve parcelamento. Além de ter o meio de recebimento bem definido. No Fluxo de caixa, a não ser que a venda seja à vista, você nunca vai registrar uma receita na data em que ocorreu a venda, você sempre ter em mente a data do efetivo recebimento dessa venda e ao registrar, o empresário deve registrar pelo valor líquido das tarifas cobradas pelas bandeiras de cartões de crédito/débito/voulchers e afins.

 

Saídas

 

Toda empresa tem gastos, sejam eles fixos, como aluguel, salário dos funcionários, entre outros exemplos, e gastos variados, que surgem no dia a dia conforme a necessidade, como por exemplo manutenção de algum equipamento. Além é claro dos custos variados que aumenta de acordo com o volume de vendas/produção. Assim como no caso das receitas, os pagamentos devem ser registrados não pela data da compra e sim pela data de quitação, no caso de compras a prazo.

 

Como pode ver, o fluxo de caixa nada mais é do o registro de entradas e saídas de recurso do caixa da empresa, e essa análise criteriosa vai te mostrar o caminho para diversas decisões importantes. 

 

Como elaborar o Fluxo de Caixa

 

Após levantar os dados acima, o ideal é planilhar essas informações. Essa planilha deve ser elaborada na horizontal colocando numa primeira coluna as descrições e nas demais colunas uma para cada dia do mês e de acordo com as datas seja de recebimento ou pagamento ir preenchendo linha a linha, sempre lembrando que é ideal começar pelas receitas e em seguida pelas despesas, uma embaixo da outra. Ao fazer a gestão dessas informações. O empresário estará apoiado em uma ferramenta muito poderosa para tomar as decisões, seja para assumir algum investimento, corte de despesas, além de enxergar a necessidade de alavancar a entrada de recursos e uma boa prática é a queima de estoque encalhado através de promoções. 

 

Este processo descrito acima pode ser árduo, toma tempo sua análise diária, mas garantimos que após colher os frutos de bom controle financeiro você vai ver que deveria tê-lo adotado a muito tempo.

 

A DMS Empresarial pode ajudá-lo a realizar este serviço, te poupando tempo e gastos. Nossa equipe de Assessoria Contábil desenvolve o trabalho de interpretar e controlar os fatos que ocorrem diariamente dentro da sua empresa relativos à Gestão Contábil e Saúde Financeira.Converse conosco para expormos nossas soluções para a sua empresa.

 

Esperamos que essa matéria tenha sido útil para você. Nós ficamos a inteira disposição para uma avaliação do seu negócio.Entre em contato conosco!

Envie um Comentário